FELICIDADE Modo de usar – Cortella & Karnal & Pondé

cortellaLi esse livro em uma sentada, não só por ser um tanto fino e de fácil leitura, mas pela tamanha reflexão que me trouxe e minha ânsia de querer “devorá-lo” rapidamente.

O livro é um bate papo entre três pensadores: Mario Sergio Cortella, Leandro Karnal e Luiz Felipe Pondé sobre felicidade. Um papo “cabeça” onde cada um a seu modo e citando alguns filósofos dizem o que consideram felicidade.

Leia mais

A coragem de ser imperfeito – Brené Brown

Aceitar que não tenho controle de tudo, não posso mudar o passado, não tenho todas as respostas, não sou uma mãe perfeita, não estou sempre bem,  não sou positiva o tempo todo,  não dou conta de tudo, tenho medos, falhas, fraquezas, não é algo fácil.

Leia mais

Cuide dos pais antes que seja tarde – Fabrício Carpinejar

Nós pais nos cobramos muito no sentido de cuidar dos nossos filhos, queremos ser os melhores pais, amigos, companheiros, dar muito amor e é claro queremos receber muito amor também. Porém, conforme os filhos vão crescendo eles vão se distanciando de nós, arranjam namorada (o), tem seus amigos, não querem sair mais conosco, reclamamos,  sofremos, mas esquecemos que também fomos filhos assim, que muitas de suas atitudes são iguais a que tivemos na mesma idade.

Leia mais

O ego é seu inimigo – Ryan Holiday

Quando comecei a ler esse livro “O ego é seu inimigo” de Ryan Holiday, senti necessidade de escrever um artigo a respeito que intitulei “Meu Ego”, fiquei super empolgada com ele, porém quando André começou a ler logo disse que não era eu que havia escrito o artigo, que não tinha nada a ver comigo, o meu ego que tinha escrito tudo àquilo. Eu não  acreditei que estava fazendo o contrário do que o livro pregava, estava deixando meu ego falar por mim.

Leia mais

As coisas que você só vê quando desacelera – Haemin Sunim

– Mãe! Mãe! Manhê! – Oi Luana! – Me dá um beijo? – Mãe! Mãe! Manhê! – Oi Lu! – Eu te amo! Essa é a tática que Luana usa para eu parar durante o dia e dar atenção a ela. Mariana já fala: “xenta mamãe ati”, pedindo para eu sentar ao lado dela para assistirmos juntas o desenho. Já Davi chama a minha atenção com suas estórias e teorias, algumas inventadas, outras tiradas de algum desenho educativo (como ele diz).

Leia mais