Aceitação

IMG_6062

Há algum tempo já vinha treinando em mim o poder da aceitação. Aceitar que há situações que não consigo mudar. Ao encará-las com suavidade e na forma como se apresentaram, não sofri tanto e tudo fluiu mais rápido. Agora tendo que ficar reclusa em casa, ela tem se feito mais presente em minha vida.

Leia mais

Sentimentos

Sentimentos como raiva, dor, tristeza, angústia, ansiedade, fazem parte da vida de todos, aprender a reconhecer o que está por trás desses sentimentos faz toda diferença para termos uma vida mais harmoniosa conosco e com aqueles que nos cercam. Assim, é importante saber nomeá-los e ensinar nossos filhos a fazerem o mesmo. Bem como, saber diferenciar o que ele está sentindo ou alguma atitude sua, do que ele realmente é.

Leia mais

Mudança do blog

Logo após o nascimento da Mariana decidi que não queria mais estudar para concurso, queria mais tempo com as crianças, então veio a ideia da criação de um blog. Mas tudo que pensava em escrever não dava certo, os nomes que  imaginava não me motivavam.

Leia mais

Ser feliz

 

Ao ver Luana e Mariana brincarem jogando água em si mesmas com copos pensei no quanto as crianças não precisam de muito para ser feliz, o sorriso e a gargalhada vieram fácil e como disse a Luana nesse dia: “esse foi o melhor dia da minha vida!”, ela diz isso toda vez que se diverte muito. Graças a Deus ela tem dito isso com uma certa frequência.  Davi também tem o “sorriso frouxo”, dá gargalhada com um episódio de seu desenho favorito e ri sozinho enquanto inventa estórias com seus brinquedos.

Leia mais

Uma manhã triste

Não podemos ficar tristes, temos sempre que ter um sorriso no rosto, ser alegres,  confiantes, otimistas, positivos o tempo todo, sentir dor emocional é inaceitável. Caso resolvemos externalizar a nossa tristeza então, sempre tem aquele para nos criticar, para dizer que estamos sendo fracos, dramáticos e que queremos chamar atenção.

Leia mais