Fórmulas mágicas

woman in white cap sleeved shirt blowing dust
Foto por Jakob em Pexels.com

Que turbilhão de sentimentos temos sentido nos últimos dias, medo, angústia, frustação, ansiedade, tristeza, preocupação, já são dois meses em casa e a cada dias as informações mudam nos causando mais insegurança, é quase impossível não ficarmos preocupados com tudo que está acontecendo e as crianças sentem também.

Aqui em casa, os primeiros dias de confinamento foram bem tumultuados, eu e André ficamos muito angustiados por conta de todas as notícias que estávamos recebendo e as crianças, em contrapartida, absorveram todos os nossos sentimentos e ficaram irritados. As brigas entre eles aumentaram, era nítido perceber o estado emocional deles alterado, por mais que conversássemos, explicando tudo o que estava acontecendo e que precisaríamos de colaboração, não entendiam ou simplesmente não sabiam explicar o que estavam sentindo.

Após uma bronca desproporcional que percebemos o que estava acontecendo, as crianças só estavam reagindo ao nosso estado emocional. Foi somente aí que eu e André resolvemos conversar sobre tudo que estava acontecendo dentro e fora de casa. Nosso comportamento mudou e o das crianças também, as brigas diminuiram, eles se tornaram mais colaborativos e mais tranquilos.

Nesse período de confinamento temos recebido muitas dicas de atividades para fazer com as crianças, de como agir nos momentos de estresse, de como trabalhar em home office com crianças, enfim como dar conta de tudo e ainda manter a calma.  Ocorre que quando se trata de educação parental não há formulas mágicas que irão resolver qualquer problema ou atitude comportamental. O único pozinho mágico que pode ser utilizado para todas as situações é uma mistura de amor, paciência e empatia.

Não dá para aplicar um método padronizado para resolver as questões comportamentais dos nossos filhos, já que tudo muda conforme os ambientes, circunstâncias ou pessoas envolvidas, e nessa quarentena muita coisa mudou. Nunca tivemos que passar tanto tempo dentro de casa sem poder sair, as crianças estão tendo aula on-line e muitos pais estão trabalhando home office, são muitas mudanças vindas ao mesmo tempo. Agora é o momento de manter a calma e fazer o nosso melhor possível.

Alguns ensinamentos dos livros e dicas que lemos na internet às vezes dão certo, mas não se fruste caso não dê certo com seu filho, o que serve para outras pessoas pode não servir para nós na realidade em que vivemos, e está tudo bem. O principal é educar com amor e sinceridade, ser honesto com a criança e com você mesmo.

Ter uma conversa franca expondo meus sentimentos em relação a determinado acontecimento tem ajudado muito e faz com que a criança faça o mesmo, ela consegue perceber porque gritou ou porque teve o comportamento. Aí é o momento de ouvir a criança e se ouvir.

Presença é o que nossos filhos mais nos pedem. Eles só querem um momento de atenção exclusiva, que fiquemos ao lado deles brincando ou assistindo desenho, pura presença sem celular ou qualquer outra distração. Depois que eu e André fazemos isso, conseguimos nos dedicar às nossas atividades diárias sem ter uma criança gritando ou clamando por atenção.

Veja dentro da sua casa qual a necessidade de seu filho que precisa ser atendida, qual a sua necessidade. O que está por trás do que estão sentindo, qual o motivo de determinado comportamento, sentem juntos, conversem, escute o ponto de vista de seu filho e peça que ele escute o seu. Estamos passando por um momento difícil que nos convida a estabelecer prioridades e nos voltarmos mais para a nossa família.

Tente fazer o seu melhor possível dentro das suas possibilidades, agora não é a hora de ser uma heroína e dar conta de tudo, é hora de acalmar seu coração e analisar o que realmente importa, de estreitar os laços com sua família, de amar, de viver intensamente cada minuto.

 

 

2 comentários em “Fórmulas mágicas

  • Que lindo Inês. É bem assim mesmo, a quarentena forçada está influenciando nos relacionamentos familiares e temos que aprender a lidar com isso e aproveitar pata aprender e nos fortalecer como família. Obrigada!! Um beijo grande Karin

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada Karin pelo comentário, aqui em casa essa quarentena tem sido de muito aprendizado, estamos juntos vivendo e aprendendo! Um grande bjo ❤️😘

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s